Angelim do Cerrado

Cód. Item Outros produtos Sementes Caiçara


R$ 35,00
  • Ver Parcelas
      Cartão de crédito:
      1x De R$ 35,00 sem juros Total: R$ 35,00
      2x De R$ 17,50 sem juros Total: R$ 35,00
      Para financiamento com juros de 0% a.m.
  • 100g
  • 250g
  • 500g
  • 1 kg

Informações do produto


Angelim do Cerrado


 

 

Conhecido como: Angelim, Angelim-do-Cerrado, Amargoso.

 

Nome científico: Vatairea macrocarpa (Benth.) Ducke

 

Sementes por kg: 1 kg de sâmaras contém aproximadamente 700 unidades.

 

Família: Leguminosae-Papilionoideae.

 

Origem: América Latina.

 

Utilidades: A madeira é indicada para construção civil, como caibros e vigas, para o fabrico de móveis, batentes de portas e janelas, esquadrias e para lenha e carvão. As flores são apícolas. A casca é reputada como de valor medicinal. A árvore é extremamente ornamental quando em flor, podendo ser empregada com sucesso na arborização paisagística.

 

Crescimento: O Angelim é uma planta decídua e esciófita, pode atingir de 10 a 18 m de altura, é dotada de copa rala e estreita, com tronco de 40-60 cm de diâmetro, revestida por casca com ritidoma escamoso.

 

Quebra de dormência: A quebra de dormência se da através da escarificação, termo que se refere a qualquer tratamento que resulte na ruptura ou no enfraquecimento do tegumento, permitindo a passagem de água e dando  início ao processo de germinação.

Tempo de germinação: 3-5 semanas e a taxa de germinação geralmente é inferior a 50%.

 

Características: Planta heliófita, decídua, seletiva xerófita, secundária, característica e exclusiva dos cerrados, cerradões e campos cerrados, onde apresenta baixa frequência com dispersão descontinuada e irregular. Ocorre geralmente em formações mais abertas, primárias ou secundárias, sobre aclives suaves onde o solo é argiloso mas bem drenado e de média fertilidade. Produz de maneira irregular e geralmente a cada 2 anos.

 

Ocorrência: Centro oeste, Brasil Central, São Paulo, Nordeste, Mato Grosso do Sul, no campo cerrado, cerrado e cerradões.

 

Morfologia: Altura de 5-10 m, dotada de copa irregular e rala. Nos cerradões e em matas semidecíduas seu porte pode ultrapassar 15 cm com fuste retilíneo. Tronco cilíndrico e geralmente tortuoso, de 30-50 cm de diâmetro, com casca muito grossa, corticosa, e partida em pequenas placas retangulares. Folhas alternas, compostas imparipinadas, com eixo comum (raque + pecíolo) de 10-15 cm de comprimento. Folíolos alternos e opostos, em numero de 5-7, coriáceos, discolores, glabros na face superior e denso-tomentoso na inferior, de 5-8 cm de comprimento por 4-5 cm de largura, sobre pecíolo tomentoso de 4-7 mm de comprimento. Inflorescências em panículas terminais amplas, de 14-20 cm de comprimento. Fruto sâmara alada, glabra, de base esponjosa.

 

Fenologia: Floresce durante os meses de agosto-setembro. Os frutos amadurecem em dezembro-janeiro.

 

Época de floração e frutificação: A floração ocorre nos meses de Agosto a Setembro e a frutificação no período de Dezembro a Janeiro. 

 

Amadurecimento dos frutos: Dezembro.

Avaliações dos Clientes


Dúvidas dos clientes


Está com dúvida sobre este produto? Veja se ela já foi esclarecida com a pergunta de outros clientes.

  Ainda com dúvida? Pergunte!
  • Nenhuma Pergunta